Outubro

0

Brisas de primavera na Bolívia e Chile

Uma semana atrás foram realizadas eleições na Bolívia. O respeito a democracia não é historicamente uma prática respeitada nesse país, porem tudo indica que desta vez parece ser diferente. Após o golpe contra o presidente Evo Morales em 2019, quando ele tentava o quarto mandato consecutivo, um problema de apego ao poder bastante comum entre mandatários populistas como acontece atualmente na Venezuela, se instalou um governo de direita.  O período de três mandatos de Morales foi de forte crescimento e distribuição de renda, diminuindo as desigualdades tradicionais nesse país. A economia liderada pelo presidente Arce agora eleito, que foi ministro...